segunda-feira

Grupo de amigos

Luanda é pequena e o núcleo de pessoas com a mesma frequência é muito pequeno. Por isso todos nos conhecemos.

Há várias gerações dentro desse núcleo: os mais jovens e os pais dos mais jovens. Somos uns 5 casais, ainda sem filhos, uns casados, outros noivos e outros de relações recentes. 

Juntamo-nos este fim-de-semana e o que me fez mais confusão é que, Angolanos e Portugueses, a viver cá ou só de passagem, nenhum quer ficar por cá. Uns com projecto de 5 anos, outros de menos, são raros aqueles que pensam criar aqui os filhos, ou mesmo colocá-los numa escola.

O que me assusta? é que a "geração dos pais" tinha exatamente a mesma postura...

7 comentários:

  1. Pois.....acaba por ser e acontecer o mesmo.
    Bom dia

    Baci*querida

    ResponderEliminar
  2. Querida Ana, talvez o pensamento que esse "novo mundo" ainda não seja o ideal, para criar e educar os filhos, passe sempre pela cabeça das pessoas. Mas depois, vão ficando, ficando e torna-se a "home"...
    Beijinhos grandes. ;)

    ResponderEliminar
  3. Percebo bem o que te assusta. Também não quero criar os meus na Suiça...

    ResponderEliminar
  4. O choque inicial pode ser grande...mas acabam por se habituar!

    ResponderEliminar
  5. Pois... Acontece a muita malta...

    ResponderEliminar
  6. Quando pensares em teres filhos voltas para Portugal:)

    ResponderEliminar